quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Teste do PEZINHO, da ORELHINHA e do OLHINHO


 (Imagens www.google.com

"PEQUENINOS APENAS NO NOME..."

(essa postagem tem muita informação, mas leia com atenção e tire o máximo de informação e orientação reunidas aqui; saiba das últimas notícias em nosso estado sobre esse testes que devem ser feitos em seus filhos recém- nascidos) 

Simples e rápidos, testes do Pezinho, Orelhinha e Olhinho
têm eficiência comprovada na prevenção de deficiências


Eles duram poucos minutos mas podem influenciar uma vida toda. Diminutos nos nomes, os testes de diagnóstico precoce em recém-nascidos - apelidados de Pezinho, Orelhinha e Olhinho - são grandes amigos da saúde pública. Realizados nos primeiros dias de vida das crianças, esses exames podem revelar deficiências que mesmo as mães não poderiam imaginar. (por Marcos Paulo da Silva)






O TESTE do PEZINHO é o exame em que são coletadas gotículas de sangue do calcanhar dos bebês. É realizado para rastrear erros inatos do metabolismo, isto é, pequenos "defeitos" bioquímicos orgânicos que, se não detectados logo, podem deixar seqüelas. Atualmente, por lei, o SUS disponibiliza o teste básico, que descobre problemas com os hormônios da tireóide, aminoácidopatias, doenças das hemácias e a fenilcetonúria. Mas, dependendo do histórico familiar, seu pediatra pode solicitar o Teste "ampliado", o "plus" ou ainda outros complementares.





video


O TESTE da ORELHINHA é uma triagem auditiva neonatal que avalia a audição do bebê. É um exame indolor, realizado até o terceiro mês de vida, preferencialmente, e obrigatório por lei em alguns municípios. Utiliza a técnica de Emissões Otoacústicas Evocadas, em que um diminuto "fone", acoplado a um computador, é colocado no conduto auditivo emitindo ondas sonoras de fraca intensidade. Estas são refletidas e analisadas em um programa de computador específico. Após 10 minutos, um fonoaudiólogo treinado, e com o equipamento adequado, pode dar um resultado preciso.




video



O TESTE do OLHINHO, também chamado Exame do Reflexo Vermelho, é um exame oftalmológico que tem como objetivo diagnosticar possíveis problemas de nascença que podem afetar a visão de seu bebê. É simples, rápido, indolor e barato. Realizado pelo pediatra capacitado, através do oftalmoscópio, não utiliza colírios. É usada uma fonte de luz para observar a reflexão que vem das pupilas. Quando há alguma alteração, não se observa o reflexo luminoso avermelhado ou alaranjado. Pode diagnosticar tumores, catarata congênita, infecções, malformações ou traumas do parto.




video


Abaixo as mais recentes notícias sobre o assunto em Recife - Pernambuco:


TESTE DO PEZINHO
Informativo sobre teste do pezinho ganha versão em brailleRedação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR
09/08/2011



A partir de hoje, todas as maternidades e unidades de saúde do Recifepassam a distribuir informativos sobre a importância da realização do Teste do Pezinho nos recém-nascidos em versão em braille. O lançamento do folder voltado para deficientes visuais acontece esta manhã na Maternidade Barros Lima, em Casa Amarela, com a presença do secretário de Saúde, Gustavo Couto. O material traz informações essenciais sobre o exame, locais para o atendimento e sobre as doenças que podem ser identificadas pelo teste.
A iniciativa, inédita no país, tem o objetivo de ampliar o universo de divulgação de informações. Segundo censo do IBGE, aproximadamente 17% da população do Recife possui algum tipo de deficiência. Desse percentual, 49% apresenta algum tipo de deficiência visual.
O Teste do Pezinho é oferecido em caráter universal e gratuito. A Prefeitura oferece este exame desde 2002 nas três maternidades municipais: Bandeira Filho (Afogados), Barros Lima (Casa Amarela) e Arnaldo Marques (Ibura). Por isso, os pais e responsáveis precisam estar atentos, pois todas as crianças devem se submeter, logo na primeira semana de vida, à realização do teste, importante para descobrir e tratar a tempo doenças genéticas graves, como a doença falciforme, a fenilcetonúria e o hipotiroidismo. É um direito do recém-nascido e a garantia de um crescimento saudável.
Obrigatório no País por determinação do Ministério da Saúde, desde 2001, o exame é coletado a partir do terceiro dia após o nascimento do bebê. Bastante simples, consiste apenas em retirar algumas gotas de sangue do calcanhar do recém-nascido, uma região rica em vasos sanguíneos. O material é encaminhado para análise no Laboratório Central do Estado (Lacen), integrante da rede de triagem neonatal. Se alguma doença metabólica for detectada, a maternidade, em conjunto com o laboratório, faz a busca ativa da mãe ou do responsável pelo bebê a fim de prestar as orientações necessárias.
Confira as maternidades do Recife que realizam o Teste do Pezinho:
Maternidade Barros Lima, avenida Norte, 6.465, Casa Amarela - 3355.2168
Maternidade Bandeira Filho , rua Londrina, s/n, Afogados - 3355.2230





Teste da Orelhinha

Pouca gente sabe, mas o “Teste da Orelhinha” é capaz de diagnosticar precocemente a deficiência auditiva em bebês. E é também conhecido tecnicamente por EOAs – Emissões Otoacústicas Evocadas, e apesar do palavrão, o exame tem execução bastante simples.

Só para refrescar um pouco a memória dos papais e mamães de plantão. A audição é um dos sentidos importantes para o desenvolvimento do bebê, principalmente para o início da linguagem. E é através dela que a criança desde o ventre da mãe descobre o sentido dos sons a partir do quinto mês de gestação. A criança é capaz de escutar os sons do corpo da mãe e sua voz, logo qualquer perda auditiva durante a fase de desenvolvimento impede a criança de receber informações sonoras adequadas, que são essenciais para o desenvolvimento da fala.

Quero chamar atenção para o fato de que, caso a perda auditiva seja diagnosticada no nascimento, e o tratamento iniciado até os seis meses de vida, a criança pode apresentar um bom desenvolvimento. E é exatamente este um dos benefícios do teste da orelhinha.

Mas, se não irão furar a orelha do bêbe, então, como funciona esse teste?

Simples, o teste da orelhinha pode ser feito a partir das 24 horas de vida do bebê. É um exame indolor e de rápida execução, feito com o bebê dormindo, durando em média dez minutos. É realizado pelo fonoaudiólogo, e ao contrário do teste do pezinho, o de orelhinha não é preciso furar a orelha da criança para examinar. Ele é feito através de um fone acoplado a um computador na orelha do bebê que emite sons de fraca intensidade, recolhendo respostas que a orelha interna do bebê produz. O “Teste da Orelhinha” é tão importante quanto o “Teste do Pezinho” e deve ser realizado em todos os bebês.

No Recife, o teste da orelhinha está disponível na rede pública, pelo Hospital das Clínicas (HC), e na rede privada, pelo Imip, Hospital De Ávila, Português, Santa Joana, Hope/ Esperança, Sabin, Prontolinda e Centro de Diagnóstico e Reabilitação Auditiva de Pernambuco (Cedrape). Apenas no HC e Imip o exame é gratuito – nos outros custa em média R$ 40.

O teste da orelhinha é fácil, prático e indolor.

Cuide da saúde do seu pequeno




Teste do Olhinho

Teste do Olhinho pode evitar 80% dos casos de cegueiraRedação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR
16/08/2011

A cada minuto, uma criança fica cega no mundo, segundo estimativa divulgada pela Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica. A instituição calcula que, no Brasil, existam aproximadamente 25 mil crianças cegas. Os especialistas acreditam que 80% dos casos de cegueira no mundo poderiam ser evitados.

O Teste do Olhinho, ainda pouco conhecido pelos pais, pode detectar muitas doenças visuais ainda em fase inicial. O exame apontado por oftalmopediatras como uma técnica simples e rápida, permite o diagnóstico precoce de catarata, glaucoma congênito, opacidades de córnea, tumores intraoculares grandes, inflamações intraoculares ou hemorragias intravítreas, ainda em recém-nascidos, antes de receberem alta da maternidade.

Para o neuropediatra Saul Cypel, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, entidade que divulga informações sobre o desenvolvimento integral das crianças de até três anos, o exame pode minimizar os impactos da doenças ao longo do tempo.

“Você pode evitar uma baixa importante da visão ou mesmo uma cegueira se tiver o diagnóstico precoce e as medidas de tratamento mais imediatas. Vamos supor que você tenha uma criança na qual você fez o diagnóstico de uma catarata congênita, quanto mais precocemente você atuar no tratamento da catarata, melhores condições de desenvolver a visão a criança vai ter”.

O teste é feito em uma sala escurecida, onde o médico ilumina o olho do recém-nascido com um feixe de luz. Caso não haja qualquer obstrução ou problema, o olho da criança reflete um brilho vermelho, parecido com o que acontece em fotografias.

Mesmo diante da relação de benefícios apontada pelos médicos, em apenas dez estados do país, o exame é obrigatório na rede pública de saúde. Saul Cypel ainda lembra que o teste que é conhecido no Brasil há quase uma década, só se tornou obrigatório para os planos de saúde em 2010.

Segunda a assessoria do Ministério da Saúde, o Teste do Olhinho está incluído na Rede Cegonha, uma campanha lançada em março deste ano, para diagnóstico precoce, tratamento e reabilitação de crianças e “a realização destes exames é incentivada pelo Ministério da Saúde logo na fase inicial de vida”.

Em nota, o ministério ainda destaca que “desde 1989, o Sistema Único de Saúde (SUS) contempla os exames capazes de identificar qualquer alteração ocular em pacientes, seja em recém-nascidos, crianças, adolescentes, adultos ou idosos” e acrescenta que “todos os exames, além do acompanhamento e assistência médica, são oferecidos gratuitamente à população pelo SUS”.

Da Agência Brasil

IMPORTANTE:

 INFORME-SE, CONFIRME; Utilize o Serviço da Secretaria de Saúde de Recife, através de ligação gratuita, e se assegure dos endereços e locais para realização dos testes, antes de sair de casa com o seu pequeno bebê.

SERVIÇO:Ouvidoria da Secretaria de Saúde do Recife
0800 281 1520



Abaixo alguns endereços e fones que podem ajudar:



Maternidades do Recife que realizam o teste do pezinho:

Maternidade Barros Lima (Avenida Norte, 6.465, Casa Amarela – 3355.2168)

Maternidade Bandeira Filho (Rua Londrina, s/n, Afogados – 3355.2230)

Maternidade Arnaldo Marques (Avenida Dois Rios, s/n, Ibura – 3355.1814/1822)


Ambulatórios de hematologia da capital:

Centro ou Policlínica de Saúde Albert Sabin (Rua Padre Roma, 149, Tamarineira – 3355.2754/2769)

Policlínica Lessa de Andrade (Estrada dos Remédios, 2.461, Madalena – 3355.7802)

Policlínica Agamenon Magalhães (Largo da Paz, s/n, Afogados – 3355.2332)


www.google.com



6 comentários:

  1. oi bom dia, queria saber como posso fazer para realizar esse testes no me consultorio pediatrico.....precisso de capacitação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc ainda necessita desta informação? Só agora visualizamos a sua pergunta

      Excluir
  2. gostaria de saber quais os dias dos testes do pezinho e da orelhinha na maternidade bandeira filho em recife

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc deve ligar para ter esta informação:
      Maternidade Bandeira Filho (Rua Londrina, s/n, Afogados – 3355.2230)

      Excluir
  3. o do olhinho poderá ser feito onde, ligo na ouvidoria e nos hospitais e só chamam.

    ResponderExcluir
  4. tambem gostaria de saber o do olhinho?? trabalho numa unidade de saude da familia, de RECIFE, e tenho um recem nascido que precisa muito do teste do olhinho e nenhuma maternidade de recife faz... obrigada

    ResponderExcluir

mais uma vida